Notas


El enojo de Dani Alves con los críticos de Brasil: Para llegar acá tuvimos que comer mucha porquería

David Cortes Serey | Agencia UNO
  • share
Publicado por
Envíanos tu corrección

No se guardó nada. El futbolista brasileño Dani Alves ‘disparó’ con todo esta jornada en contra de los detractores de la selección de su país.

Recordemos que Alves fue uno de los 23 elegidos por Dunga para disputar la Copa América, torneo donde el ‘Scratch’ quedó tempranamente eliminado en los cuartos de final frente a Paraguay.

Esto último provocó una serie de comentarios en contra del plantel, una situación que terminó por hacer ‘explotar’ al lateral del FC Barcelona.

A través de su cuenta oficial de Instagram, Dani Alves puntualizó que “todo el mundo dice que nuestra profesión es fácil (…), en realidad somos esclavos, para seguir avanzando necesitamos ganadores no historiadores”.

“Soy brasileño, de Bahía, del norte de Juazeiro, para llegar donde llegamos tuve que comer mucha porquería (…), vivimos de ilusiones porque tenemos raíces y quien tiene raíces no cae nunca, porque por muy grande que sea un tronco, si no tiene raíces no conseguirá mantenerse en pie”, agregó también el futbolista.

En la misma línea, Alves aseguró que “la grandeza de un campeón es caer y levantarse, seguir en busca de sus sueños. ¿Ganar? Ya gané todo lo que podía ganar, pero no me sirve, porque mi sueño es continuar”.

“Las disculpas solo son para los perdedores y nosotros no lo somos en absoluto! Trabajamos por amor, por placer y por la pasión de ver nuestra dedicación transformada en resultados”, escribió también, entre otras cosas, el deportista.

Aí na moral, pode que eu não saiba colocar uma vírgula, pode que eu não saiba colocar um ponto, pode até que eu não saiba escrever pois não tive uma grande oportunidade desse aprendizado. Sou uma pessoal que não gosto de injustiças, sou uma pessoa que tô pouco me importando pro que pensam de mim. Não vivo politicamente e não vivo para agradar. Vivo em busca de boas energias, de gente verdadeiras, de pessoas que vivem por um propósito. Que abdica de família por um sonho, que sofrem mais do que ninguém quando o trabalhou não foi o esperado, que supera grandes barreiras, que cai e levanta, que vivem sem lamentos, que seguem o caminho porque vivem por algo maior do que comentários que soam mais a desculpa do que coerência. Na realidade eu vou conversar que desculpas são para perdedores e é o que menos somos! Trabalhamos por amor, por prazer, por paixão de ver a nossa dedicação se transformando em realização. Muito falam que a nossa profissão é fácil, mas curiosamente poucos só servem para fazer comentários. É irmão, somos escravos, mas somos escravos do bem para progredir necessitamos a nossa volta ganhadores e não historiadores. Muitos sabem quem somos e poucos realmente conhecem a a nossas histórias. Por isso, a grandeza de um grande campeão é cair e levantar é poder levantar e em busca do seus sonhos continuar! Ganhar? Já ganhei tudo que poderia ganhar, mas não me serve pq o meu grande sonho é continuar. O nosso grande mérito é nos reinventar quando ganhamos. Sou brasileiro, baiano, nordestino lá de juazeiro, pra chegar onde chegamos tem que comer muita poeira. Vivo de axé, quem vem de lá sabe como é. Não vivemos de ilusões porque temos raízes e quem tem raízes não cai nunca, pq por maior que seja um tronco se não tiver raiz não conseguirá manter-se de pé! Te amo meu mano @thiagosilva_33 somos brasileiros do batente e nos orgulhamos do nosso país mas não de quem nos representam. Te amo irmão

Una foto publicada por DanialvesD2 My Twitter (@danid2ois) el

Nuestros comentarios son un espacio de conversación y debate. Recibimos con gusto críticas constructivas, pero nos reservamos el derecho a eliminar comentarios o bloquear usuarios agresivos, ofensivos o abusivos.
Ver los comentarios (0)
Destacados